May 08 2017

O Fim da Pobreza na China está Próximo?

Posted by Camila Sakamoto

Com a maior população do mundo, a China há anos sofre com uma grande população rural na linha da pobreza. Mas, recentemente, ações vêm sendo tomadas contra a pobreza na China. Mas estariam os chineses próximos de tirar todos os 45 milhões indivíduos dessa situação?

 

pobreza na china

 

Retirar uma pessoa da linha da pobreza na China significa garantir a ela uma renda anual superior a 2.230 yuáns, ou 324 dólares. Hoje, 45 milhões é o número de chineses que estão abaixo desse determinante, geralmente atribuídos a regiões rurais. Ainda assim, a China foi o primeiro país a diminuir pela metade – nesse caso, mais ainda – até 2015 o número de pessoas abaixo da pobreza dentro dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, propostos pela ONU. O governo ainda se comprometeu a aproximar essa porcentagem a zero até 2020.

 

Os Planos Quinquenais

No fim do ano de 2015, o governo chinês publicou um Plano Quinquenal para retirar a população da pobreza. Desde 1978, já 800 milhões de chineses saíram desse status. Vale lembrar que nenhum outro país tirou tantas pessoas dessa condição num período tão curto de tempo. Mas a pobreza na China vem sendo combatida mais recentemente – e rigorosamente – com os Planos Quinquenais propostos pelo governo a partir de 2015. Nessas medidas, estão inclusas isenções de taxas escolares para estudantes pobres, redução de impostos para novas e pequenas empresas rurais e grandes subsídios financeiros.

 

pobreza na china

 

Em março desse ano, a Administração Nacional de Turismo na China firmou um acordo com bancos de desenvolvimento agrícola para conceder crédito a áreas rurais. Desse modo, os distritos poderiam construir atrações turísticas com infraestrutura e instalações de serviço público.

 

pobreza na china

Região de turismo rural na China.

 

Esse Plano Quinquenal significa que, até 2020, a pobreza na China deve estar perto de zero. Isso implica que o governo terá altos gastos até lá, e deve conseguir tirar da condição de pobreza aproximadamente 45 milhões de chineses – um pouco menos que a população total da Colômbia.

O interessante desse plano é a especialização regional que o governo tem ao executar as medidas sociais. Com base de análises econômicas e culturais locais, o governo incentiva companhias e ONG’s, e alia-se às Forças Armadas para a concretização das ações contra a pobreza na China. Além disso, as cidades mais ricas são encarregadas de orientar outras regiões.

 

O combate à pobreza na China

Segundo os dados, o ritmo do progresso contra pobreza na China vem diminuindo, apesar de todos os esforços. Falando em números, em 2000, tirar uma pessoa da pobreza custava-se 48 dólares por ano. Dez anos a frente, o custo era de 150 dólares. Atualmente, o valor vai de 200 a mil dólares – definido pelo período de tempo. Mas há uma explicação: a população que ainda é considerada pobre está mais difícil de ser alcançada. A maioria está em situação rural, com acesso restrito à água limpa, estradas e até mesmo eletricidade, ramo no qual a China teve vários avanços nos últimos anos.

 

pobreza na china

Quem mais sofre com a pobreza na China é a população rural.

 

As formas de pobreza na China atualmente são as mais difíceis de erradicar. Mas a China pode até mesmo usufruir de ajuda externa – assim como outros países podem usar como inspiração os Planos Quinquenais chineses para auxiliar no combate à pobreza. Sendo assim, quando o assunto é erradicar a situação de pobreza, nenhum país estaria realmente sozinho nessa tarefa.

 

Por Ana Luiza Garcia Lachner, de Marília, São Paulo.

Fontes: El País, Xinhua Net, EBC e Embaixada da República Popular da China no Brasil.

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | TwitterGoogle +