Novo plano agrícola muda tendência de preços de fertilizantes químicos na China

O uso de fertilizantes químicos na China tem decaído nos últimos meses, pois o país tem buscado modos de produção mais sustentáveis. Como isso afeta o comércio global de fertilizantes químicos e pesticidas?

O preço de fertilizantes químicos no mercado internacional tem estado em alta ao longo deste ano, mas as atitudes da China mostram que ele deve ter chegado a um teto. A produção de fertilizantes químicos na China oferece suporte para às cotações. O país deve reduzir sua produção de fertilizantes químicos, pois o mercado interno de alimentos vêm sofrendo mudanças em função de um futuro mais sustentável para a China.

 

fertilizantes químicos na china

 

A China planeja uma expansão da produção agrícola em 7% ao ano, pelo menos até 2020 com um sistema moderno de produção de grãos. Entretanto, o uso de fertilizantes químicos não acompanhará este crescimento, pelo contrário –  será reduzido.

O Ministério da Agricultura Chinês estimou que a produção de grãos deve passar as 600 milhões de toneladas no ano de 2017, indicando um ano de superprodução. As mudanças ecológicas do país, que agora seguem o acordo de Paris, exigem que a demanda de fertilizantes químicos na China e pesticidas deverá diminuir, ainda que a produção tenha aumentado.

 

fertilizantes químicos na china

 

O que pode definir o preço dos fertilizantes químicos são as demandas da Índia e do Brasil, durante a safrinha de milho. No caso da Europa e dos Estados Unidos, estes encontram-se bem supridos do produto, e não provocará flutuações relevantes na cotação.

 

fertilizantes químicos na china

 

Para outro tipo de fertilizante, o fosfatado, a perspectiva no mercado é de escassez. A produção principal, que ocorre na Flórida, foi atingida pelo furacão Irma. A China não é uma grande produtora dos fosfatados. A baixa oferta de fertilizantes químicos na China, e também de diversos outros tipos, tem afetado a disponibilidade dos produtos para exportação devido à demanda doméstica e os preços reduzidos.

Para o mercado de potássio, a demanda do Brasil e dos EUA pode fazer com que o mercado externo mantenha os preços, que têm se mostrado altos.

Quer saber mais? Continue acompanhando nosso blog!

 

Por Ana Luiza Garcia Lachner, diretamente de Winnipeg, MB, Canadá.

Fontes: Market Realist, Notícias Agrícolas, Xinhua Net e China News

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +


Veja Também


Deixe seu comentário