O Ensino de Matemática em Xangai que Pode Inspirar o Mundo

A vida dos professores no ensino primário em Xangai é um pouco diferente do que estamos acostumados a ver em outros países. Os professores são especialistas na matéria que ensinam. Mas o que é tão curioso sobre o método de ensino da matemática em Xangai?

 

O Ensino de Matemática em Xangai

No caso da matemática em Xangai, os professores recebem um treinamento de 5 anos com foco em grupos de idade. Os professores chineses que ensinam uma disciplina ensinam apenas ela. Geralmente, eles dão duas aulas por dia e dedicam o resto do tempo para tirar dúvidas dos alunos que tem mais dificuldades e discutir métodos de ensino.

 

matemática em xangai

 

Outra diferença é o período: os alunos têm aulas das 7:00 às 17:00, sendo uma aula de apenas 30 minutos e um intervalo de 15 minutos. Em uma comparação com o ensino britânico, os professores ingleses ficaram abismados com a pouca quantidade de matéria a ser ensinada. O método de ensino da matemática em Xangai prevê que, no quinto ano, o alunos estejam aptos para fazer contas de multiplicação e divisão. Ao contrário, os ingleses já esperam que os alunos no quinto ano já estejam acostumados com frações.

Entretanto, o método de ensino em outras cidades é diferente do ensino da matemática de Xangai. O teste Pisa ( Programa Internacional de Avaliação de Estudantes) de matemática de 2015 revelou que a China ficou em 5º lugar mundial. Isso aconteceu porque os resultados de Xangai foram somados aos de Pequim, Jiangsu e Guangdong. Se você quiser saber um pouco mais das faculdades na China, você pode conferir aqui.

 

matemática em xangai

 

A Estrutura de Ensino

Para tanto, a impressão que o método da educação passa é que os alunos menos favorecidos na China podem desenvolver seu potencial, acreditando que seu esforço traz um resultado. Mesmo assim, alguns países da Europa já estão adotando o método de ensino de matemática de Xangai. Há alguns pontos que são a base do método.

Primeiramente, os professores concentram uma aula inteira no entendimento de um conteúdo e não avançam até que todos os alunos tirem todas as suas dúvidas. Isso evita, no futuro, aulas de retomada para conteúdos muito básicos.

 

matemática em xangai

 

O segundo ponto é incentivar a linguagem da matemática, ou seja, que os alunos expliquem como chegaram no resultado e não digam apenas a resposta pronta. Além disso, o professor pede que os alunos repitam as perguntas e as respostas trabalhadas na aula, para garantir a fixação.

Por fim, o método da matemática em Xangai também inclui um aprendizado concreto dos professores. Com apenas duas aulas de 35 minutos por dia, os professores tem o restante do dia para desenvolver suas próprias capacidades profissionais.

 

matemática em xangai
O professores de matemática em Xangai ganham tempo para aprimorar seu método de ensino fora do horário de aula.

 

Entretanto, há também críticas ao sistema. Estima-se que 80% dos alunos façam aulas de reforço fora das escolas. Isso mostra a competitividade que há mais entre os pais que entre as crianças. Há críticos que alegam que os métodos empregados na classe não são aplicáveis na vida cotidiana dos alunos. Por outro lado, o teste de Pisa revelou que as maiores notas de Xangai em 2015 vieram de filhos de trabalhadores menos qualificados. Assim, o sistema de ensino de Xangai garante a ascensão dos estudantes de acordo com seu esforço  nos estudos.

Por Ana Luiza Garcia Lachner, diretamente de Marília, SP, Brasil

Fontes: BBC, The Guardian e Veja.

Gostou desse artigo? Então veja muito mais em nossa página do Facebook, em nosso blog e em nosso site.


Veja Também


Deixe seu comentário