Dragon Boat Festival: origem e costumes

Ontem, dia 18 de Junho, celebrou-se na China uma das datas comemorativas mais tradicionais e importantes do calendário e da cultura chinesa. A origem do Dragon Boat Festival, celebração comemorada há mais de 2.000 anos, flerta com lendas e grandes figuras históricas da China, enriquecendo ainda mais um dos mais importantes feriados nacionais da nação.

 

dragon boat festival

 

Saiba mais agora sobre as lendas que permeiam a origem deste feriado e conheça as principais tradições e costumes dos chineses nessa data!

 

Dragon Boat Festival

A China, como você já sabe, segue o calendário lunar, e, por isso, as datas de suas festividades variam de ano em ano. O Dragon Boat Festival é sempre celebrado no quinto dia do quinto mês lunar; caindo entre os meses de Maio e Junho. Este ano, o Dragon Boat Festival foi celebrado entre os dias 16 e 18 de Junho, uma vez que os chineses geralmente comemoram a data durante três dias. Neste período, os chineses não trabalham e costumam viajar, lotando estradas e pontos turísticos.

Também chamado de Festival do Barco do Dragão, ou em mandarim, Duānwǔ Jié, a festividade envolve diversas tradições, superstições e atividades, as quais incluem competições, rituais religiosos e pratos típicos. Embora a data seja comemorada há mais de 2.000 anos, foi apenas oficialmente consolidada como feriado nacional chinês em 2008; no entanto, já em 2006 já era considerada Patrimônio Cultural Imaterial pela UNESCO. Poucos anos depois, em 2009, entrou para a lista de Patrimônios Culturais Imateriais da Humanidade da UNESCO. Sua importância não se restringe ao território chinês e alcança outros países da Ásia, como o Japão, a Malásia, Singapura e Vietnã.

 

A origem do Dragon Boat Festival

A origem deste importante feriado chinês é repleta de lendas. Uma das mais conhecidas está relacionada ao poeta chinês Qu Yuan (475 a 221 a.C.), um dos maiores nomes da poesia chinesa. Acredita-se que, após ser exilado, Qu Yuan teria se afogado propositalmente no Rio Miluo, no quinto dia do quinto mês lunar, ao saber que o Reino de Chu, local onde nasceu, havia sido invadido pelo Reino de Qin, reino inimigo. Segundo a lenda, os moradores locais passaram, então, a buscar o corpo de Qu Yuan no rio, remando, batendo tambores para afugentar maus espíritos e jogando arroz na água, para que os animais não se alimentassem do corpo do poeta. No entanto, o corpo de Qu Yuan nunca foi encontrado.

 

dragon boat festival

 

Embora esta seja uma das lendas mais difundidas e conhecidas na China como a origem do Dragon Boat Festival, existem outras, menos famosas, mas também bastante populares. Uma delas conta que Wu Zixu (722 a 481 a.C.), um general também vindo do Reino de Chu, foi obrigado a suicidar-se, após seus conselhos políticos serem contrariados pelo rei. Sua morte, assim como a do poeta Qu Yuan, teria ocorrido no quinto dia do quinto mês lunar e seu corpo teria sido jogado nas águas de um rio próximo a Suzhou. Em respeito e sinal de admiração ao general, os locais organizaram corridas de barcos em forma de dragões e outras atividades, como forma de homenageá-lo. Há ainda outra lenda popular que estaria relacionada à origem do Dragon Boat Festival: uma jovem chamada Cao E (130 a 143 d.C.) teria morrido em um rio da Província de Zhejiang ao tentar recuperar o corpo do pai morto.

 

Como o Dragon Boat Festival é comemorado?

Como o próprio nome já diz, as principais atividades do Dragon Boat Festival são os barcos em forma de dragão. Esses barcos são confeccionados com a popa e a proa em formato de dragões chineses e são muito utilizados em competições de corrida – o objetivo é chegar primeiro ao local estabelecido como linha de chegada com o auxílio de remos. Outro fato bastante interessante desta comemoração é a presença de um membro da equipe na ponta de cada barco tocando um tambor; seu intuito é manter o equilíbrio das remadas e incentivar os demais membros da equipe. No entanto, é inevitável relacionarmos este fato aos tambores das lendas que espantavam maus espíritos, não é mesmo?

Como sabemos, em todas as culturas, a gastronomia está intimamente ligada às tradições e às culturas. Na China não poderia ser diferente, principalmente durante um dos principais feriados nacionais. Por isso, outra tradição bastante comum no Dragon Boat Festival é o costume de se comer o zongzi – bolinho de arroz envolto em folhas de bambu, que pode ser recheado com diversos outros alimentos. O zongzi, comumente comparado à nossa pamonha, também teria sua origem relacionada à lenda de Qu Yuan: os grãos de arroz jogados nas águas do Rio Miluo teriam originado a tradição de prepará-los um dia antes do feriado e consumi-los na manhã da data.

 

dragon boat festival

 

Devido às diversas lendas que permeiam sua origem, o Dragon Boat Festival também possui significado de purificação e, por isso, na data os chineses realizam rituais de limpeza e purificação, tais como pendurar em portas e paredes ervas com propriedades antifúngicas, como, por exemplo, a Artemísia e o Calamus; pois acredita-se que são capazes de afastar energias negativas e doenças. Estas ervas são embaladas em sachês coloridos e perfumados – os Xiang baos – feitos à mão e muito comuns principalmente nas áreas rurais da China.

E aí, o quê você achou do Dragon Boat Festival? Já conhecia? Que tal celebrá-lo pessoalmente? Compartilhe sua opinião conosco nos comentários!

 

Por Ana Yamashita, diretamente de São Paulo, SP, Brasil

Fontes: China Link Trading

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter |  Google +


Veja Também


Deixe seu comentário