Como fazer pagamentos para a China?

Você que está pretendendo importar, uma das perguntas mais frequentes que recebemos de empresas é: Como faço pagamentos para a China? É parecido com o Brasil? Posso pagar em boleto ou transferência? E a resposta é simples: não.

Então para você que ainda tem dúvidas, o primeiro passo a ser dado é a habilitação do seu RADAR, ou seja, ter uma licença de importação em mãos para que seu projeto seja aprovado. Logo depois, é necessário uma Proforma Invoice, também conhecida como P.I, que nada mais é do que um espelho da Nota Fiscal.

No terceiro passo, você precisará procurar uma corretora de câmbio ou falar diretamente com seu gerente, para ser feito a cotação do dólar do dia e o valor da taxa, para que você saiba quantos dólares ou reais precisará enviar para o fornecedor.

E o quarto, último, e não menos importante passo é: pagamento. Você precisa pagar 30% do valor para que o produto comece a ser produzido, e 70% depois da produção. Mas você que pensa que vai receber a mercadoria e só depois fazer o pagamento, atenção: você só recebe a mercadoria APÓS o pagamento total. Então aqui vai uma dica: para não correr riscos, faça uma inspeção do produto, e depois pague os 70%. Vá até a China, mande um amigo, ou procure uma empresa que faça esse serviço, e tenha certeza de que está comprando o que propôs.

Confira nosso vídeo, e saiba tudo em detalhes:

 

Por Rayssa Gonçalves, diretamente de Santos-SP.

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter


Veja Também


Deixe seu comentário