Como é feita a cotação do dólar? – China Link Blog de Importação

dolar

O dólar sobe e desce todos os dias. Mas você sabe o por que disto? Sabe que a alta ou a baixa do dólar podem influenciar diretamente no valor dos produtos que você compra diariamente? Muitos produtos que compramos são importados e são influenciados com a cotação do dólar. Por exemplo, se o dólar estiver alto no dia da compra de um monitor de computador o vendedor irá repassar esta alta para você, e é você quem sentirá a cotação do dólar no bolso.

No Brasil, a cotação do dólar varia como o preço de qualquer produto comercializado: seguindo a lei da oferta e da procura. Resumindo, quando há dólar demais em circulação – ou seja, sobrando -, o valor dele diminui; quando há poucas verdinhas no mercado, elas ficam mais concorridas por quem compra e vende, e a cotação sobe. O modelo vale para qualquer moeda no mercado internacional e influencia a vida de muita gente – especialmente de quem investe ou comercializa em moeda estrangeira

  • Cotação do dólar – Importação e exportação

A cotação do dólar  influencia na importação e exportação de produtos industrializados. Ou seja, se o dólar está barato os produtos do exterior se tornam mais viáveis para serem adquiridos por causa do valor. Com a compra exacerbada de produtos estrangeiros o mercado interno se enfraquece e fazem as vendas caírem. Com o mercado interno desfavorecidos com os preços eles podem acabar falindo e isto não interessa ao governo.

Quando o dólar está alto, a exportação aumenta, pois mesmo os produtos internos são negociados em dólar para o exterior. Sua maioria é produto não industrializado, só a matéria prima.

No geral, explicam os professores, o dólar registra alta ou queda conforme a oferta e a procura pela moeda.

Atualmente, há mais oferta do que a demanda, o que faz com que a moeda norte-americana se desvalorize frente ao real. Entre os motivos que levam a maior oferta da moeda estrangeira no Brasil há destaque para os juros altos, que atrai investidores estrangeiros e a balança comercial positiva.

Entretanto, não existe apenas um tipo de cotação para o dólar, mas sim dois. Cada um difere de acordo com a função que a moeda será utilizada. São eles, dólar comercial e turismo.

Dólar comercial: De uma forma simples, este é o valor de mercado usado para transações de comércio exterior e movimentações (entrada e saída) de recursos realizadas por empresas de exportação e(ou) importação. Quando o governo realiza movimentações financeiras no exterior, a cotação usada também remete ao dólar comercial. As cotações para o Dólar Comercial são registradas e disponibilizadas pelo Sisbacen (Sistema de Informações do Banco Central). A taxa de conversão (R$ por US$) é definida segundo a demanda e a oferta da moeda no mercado.

Dólar turismo: Essa é a cotação usada para emissão de passagens, transações de turismo no exterior e débitos em moeda estrangeira ocorridos no cartão de crédito. Algumas pessoas chamam o Dólar Turismo de câmbio flutuante. A legislação brasileira  não permite a utilização de moeda como forma de poupança. Mas como não há limite para transações com o Dólar Turismo, muitas pessoas e instituições acabam usando-o para o pagamento de serviços, mesmo no Brasil. Os valores para a conversão também estão disponíveis via Sisbacen.

Há também o chamado dólar paralelo. É o dólar que circula fora dos meios oficiais. Como o próprio nome diz, ele normalmente é utilizado por quem quer realizar transações ilícitas ou fora da supervisão do Banco Central. Os exemplos são vários: lavagem de dinheiro, sonegação, tráfico etc. Aqui entram em cena os famosos doleiros. Este mercado existe, pois há muita gente incapacitada de operar no mercado tradicional (por problemas na justiça, falta de registro etc) que, ainda assim, movimentam consideráveis quantias de dinheiro.

Acompanhe nosso Blog de Importação e tire dúvidas conosco através do e-mail de contato: contato@chinalinktrading.com.

Nota do autor: Caso a leitura do artigo traga-lhe alguma dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário abaixo ou acesse nosso guia de importação. Estamos sempre disponíveis para atendê-los!

Fonte: Dinheirama, Mundo Estranho 

Mario-Cesar-China-LinkPor Mário Frassom – Direto de Marília, Brasil
www.chinalinktrading.com
Acompanhe novidades no: www.facebook.com/ChinaLinkTrading

Se você precisar de qualquer apoio para começar a importar da China ou melhorar a sua operação aqui na Ásia, podemos apoiá-lo na busca de fábricas chinesas capazes. Nós fazemos a  procura de fornecedores chinesescontrole de qualidade e carregamento da carga para você em qualquer lugar na Ásia. Consulte nosso site para mais informações.

 

 

 

 


Veja Também


Deixe seu comentário