Cinema na China: o que ele tem de diferente?

Já imaginou assistir um filme dublado…em chinês? Que tal Brad Pitt, Tom Cruise ou Angelina Jolie falando um mandarim perfeito, sem sotaque? Pois é! Esses são os primeiros sustos que a gente leva quando vai ao cinema na China. Mas muito além do exótico, o cinema chinês vem apresentando uma qualidade cada vez melhor nos últimos anos, graças ao aumento exponencial nos investimentos feitos tanto pelo governo quanto por instituições privadas no cinema da China. E esses investimentos vem se refletindo não apenas nos filmes chineses, mas também nas salas dos cinemas da China.

cinema na China
Propaganda de Harry Potter, grande sucesso também nos cinemas da China

Holywood já percebeu isso, e graças ao mercado gigantesco do cinema na China, algumas vezes tem se adaptado tanto ao gosto chinês quanto a algumas exigências do governo da China. Muitas dessas adaptações vem sendo feitas para atender exclusivamente ao atrativo mercado chinês, o que muitas vezes gera críticas ao governo chinês, acusado de manipular o cinema mundial.

Para você que quer entender melhor essa polêmica, ou que quer conhecer melhor o cinema chinês, continue lendo este artigo, e veja nosso vídeo ao final, ” Cinema na China “, mais um da nossa série no Youtube, A China é assim.

 

Como fazer para ir ao cinema na China?

Geralmente, a primeira coisa que fazemos quando decidimos ir ao cinema, é escolher qual filme vamos ver. Na China nós temos várias opções à disposição: filmes norte-americanos, que geralmente são os mesmo que passam em outros países, com algumas exceções; filmes chineses, que em comparação com o Brasil, são produzidos em maior número, e com cada vez mais qualidade (embora gosto não se discuta); e filmes asiáticos, principalmente da Coreia e do Japão, que costumam atrair um grande público nos cinemas chineses.

cinema chinês
Jack Chan, um dos maiores símbolos do cinema chinês

Para comprar o ingresso, geralmente existe a opção de comprar na hora, da mesma forma que fazemos no Brasil, mas a forma que realmente caiu no gosto dos chineses é comprar pela internet. Caso você opte por esta opção, você pode comprar no site do cinema chinês que quer ir, ou através de aplicativos no celular, que na grande maioria dos casos oferecem descontos, e que é justamente uma das causas pelas quais eles são tão populares.

Ao comprar pela internet, basta chegar no cinema e procurar as máquinas para retirar o ingresso. Muitas têm a opção do inglês, além do chinês. Basta inserir os dados pedidos, que você encontra no bilhete eletrônico gerado no momento da compra, e a máquina imprime seu ingresso.

 

Como são os cinemas da China?

No momento em que você entrar em algum cinema na China, provavelmente não vai perceber muita diferença com os cinemas brasileiros. Cartazes bonitos fazendo propaganda de vários filmes, várias salas de cinema uma ao lado da outra, e um cantinho com comes e bebes, geralmente com preços um pouco mais altos do que fora do cinema.

cinema da China
IMAX, uma das maiores empresas do cinema na China

E é neste ponto que podemos citar uma característica típica do cinema da China. Se você assistiu nosso vídeo sobre os mercados na China, vai lembrar que frequentemente a comida chinesa mistura doce com salgado, o que nos faz ficar sem saber definir ao certo o sabor do que comemos. Nos cinemas chineses também é assim. Por isso, não se deixe levar pelas aparências. A pipoca que parece salgada, pode ser doce. E até a bebida que parece gelada pode ser bem quente, a ponto de queimar sua língua!

 

As salas dos cinemas chineses

As salas de cinema na China também não fogem muito do padrão. Cadeiras estofadas, a maioria delas com lugar para colocar bebidas nos apoios para os braços, saídas de emergência, etc. O que costuma chamar a atenção de alguns brasileiros é a qualidade da imagem gerada na tela e no som dos filmes, que muitas vezes são ligeiramente melhores do que os cinemas no Brasil em geral.

 

O cinema chinês manipula o cinema mundial?

Os filmes produzidos em Holywood são iguais em todo o mundo. Mas alguns deles são diferentes no cinema da China. Principalmente quando tocam em temas relacionados à política e/ou quando citam diretamente a China. Ao serem transmitidos nos cinemas chineses, filmes como 007, Homem de Ferro e outras grandes produções de êxito mundial tiveram alguma cenas cortadas, apresentaram cenas extras transmitidas apenas na China, ou apresentaram as mesmas cenas, mas com atores de aparência oriental.

O primeiro caso ocorre quando o governo chinês considera o conteúdo de algumas cenas inapropriado para o cinema na China. Quando isso acontece, se os produtores do filme em questão quiserem ter acesso ao lucrativo mercado chinês, eles não têm outra opção a não ser aceitar o corte das cenas bloqueadas pelo governo.

cinemas da China
Matt Damon e demais atores do filme “A Muralha da China”, exemplo da interação cada vez maior entre o cinema mundial e o cinema chinês

O segundo e o terceiro casos ocorrem mais por iniciativa dos próprios produtores de cinema estrangeiros, para agradar o enorme público chinês. É claro, incluir no filme um ator com toques orientais, falando algumas frases simples em chinês, nem que sejam apenas algumas palavrinhas, pode gerar lucros imensos oriundos dos cinemas chineses.

No entanto, alguns críticos de cinema consideram que esses cortes e mudanças de cena, exclusivos para o cinema na China, vem influenciando o cinema no mundo todo. Isso porque, recentemente, alguns diretores e produtores estrangeiros têm mudado intencionalmente o roteiro de seus filmes, para evitar os cortes do governo de Pequim, e poder aceder ao mercado chinês sem parecer que o filme é estranho, e que está faltando “alguma coisa” por explicar.

De acordo com esses críticos, isso faz com que temas importantes como política, liberdade de expressão, direitos humanos, e muitos outros que poderiam ser abordados e gerar debates produtivos, deixem de ser mencionados, pelas exigências do governo de apenas um país.

Mas, controvérsias à parte, o cinema na China é bem confortável, e pode te surpreender, depois que você se acostumar às suas características mais típicas. Por isso, nada melhor do que terminar este texto com um pequeno vídeo, em que você pode assistir de camarote como é realmente o cinema da China, filmado lá mesmo, sem cortes e sem censura. Bom filme a todos!

 

Vídeo ” Cinema na China “


Por Gabriel Condi, diretamente de Wuhan, Hubei, China


Veja Também


Deixe seu comentário