Cidade fantasma na China construída para um milhão de pessoas

Poderíamos estar falando de uma cidade bastante populosa com avenidas amplas, grandes edifícios, parques e até mesmo centros esportivos de alto nível, mas acredite: é uma cidade fantasma!

A cidade foi construída para cerca de um milhão de pessoas, porém abriga apenas 50 mil. Este vazio transformou Kanbashi em uma das “cidades fantasmas” do país.

cidade fantasma

Situada no norte da China, os habitantes de Kanbashi tem benefícios que outras cidades sonhariam em ter, como transporte público gratuito e até contas de gás subsidiadas

As cidades fantasmas chinesas são o reflexo da modernização no gigante país que leva a urbanizações planificadas nem sempre bem aproveitadas

Kanbashi foi construída para ser uma cidade-satélite do rico distrito de Ordos. O fato de Kanbashi ter reservas abundantes de água também ajudou na idealização da cidade que teve um custo superior a US$160 bilhões.

Os cerca de 50 mil moradores são explicados pelo encarregado de relações públicas da cidade, Chai Jiliang, justificando no China Daily que tudo faz parte de um plano estratégico. Relatou ao jornal que calculou 300 mil habitantes até o fim de 2020 e que a cidade está no caminho de atingir este número, mas os meios de comunicação estão impacientes.

cidade fantasma

 

Longe de ser a única cidade fantasma da China

Não existe apenas Kanbashi como “cidade fantasma” na China, mas outras dezenas de cidades e distritos similares no típico “construir primeiro, povoar depois”.  Tudo isso graças as zonas econômicas especiais implementadas por Deng Xiao Ping criadas há mais de 30 anos no processo de abertura econômica chinesa.   Lugares poucos habitados na época como Shenzen, uma cidade de pescadores que em pouco tempo transformou-se em uma enorme centro exportador e importador onde vive milhões de pessoas.

Outro exemplo é o distrito de Pudong, em Xangai, que possui cerca de cinco milhões de pessoas, mas era vazio como Kanbashi nos anos 90 até tornar-se um polo financeiro e
comercial.   O novo distrito de Zhengdou passou por um processo similar a Pudong e atualmente residem cerca de dois milhões de pessoas dentro de uma área equivalente a cidade de São Francisco, nos Estados Unidos.

Ao lado destas cidades planejadas aparecem outras que não obtém o mesmo sucesso e atualmente aparecem semidesertas, como a “Manhattan chinesa” situada em Tianjin ou “Thames Town” de Xangai, que imita uma cidade inglesa.

 

Fonte: BBC

Não deixe de visitar nossa página no Facebook


Veja Também


Deixe seu comentário