China prevê criação de mecanismos para reforçar segurança cibernética

ciberseguranca

Após a denúncia de uma suposta invasão cibernética a arquivos confidenciais americanos por parte de chineses, autoridades chinesas em conjunto com os Estados Unidos, propõem a criação de mecanismos para evitar a violação da segurança cibernética.

A denúncia norteia a tentativa de roubar segredos de banco de dados de cidadãos americanos e passá-los a conta corrente de chineses.

O tema está cada vez mais em pauta visto que sempre há acusações por parte dos dois países em relação a ascensão de hackers e invasão de arquivos sigilosos.

Segundo especulações do jornal americano The New York Times, o objetivo dos hackers é descobrir informações a respeito de candidatos que possivelmente seriam eleitos para cargos de Segurança em ambos os países.

Em uma reunião com John Kerry, secretário de Estado norte-americano, realizada na última semana em Pequim, o ministro das relações exteriores da China, Wang Yi, afirmou que a China está disposta a fomentar o incentivo às pesquisas de proteção do ciberespaço e prevenção de invasões cibernéticas.

O objetivo é proteger cada cidadão e a Segurança Nacional, afirmam as duas autoridades. E reiteram ainda que criarão institutos especializados no combate a quebra de sigilo de Estado, principalmente a invasão de arquivos por parte de hackers.

Acompanhe nosso Blog de Importação e tire dúvidas conosco através do e-mail de contato: contato@chinalinktrading.com.

Nota do autor: Caso a leitura do artigo traga-lhe alguma dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário abaixo. Estamos sempre disponíveis para atendê-los!

artigo
Este artigo foi escrito pela graduanda de Relações Internacionais, Nayara Chrisnam das C. Melo, Faculdades Metropolitanas Unidas, São Paulo – SP. 


Veja Também


Deixe seu comentário