China: mas… o que você come?

São muitos anos vivendo na China e não sei dizer quantas vezes já respondi essa pergunta. E minha resposta sempre é: como comida, oras! Rs

Brincadeiras à parte, a questão da comida chinesa sempre é um assunto polêmico e que aguça a curiosidade de todos.  Mas posso garantir para vocês que aqui se come muito bem e comidas deliciosas. O negócio é você aprender a pedir e acordar o seu espírito aventureiro, despertar seu paladar para o novo.

Existem as comidas ‘esquisitas’? Sim, aos montes! Come quem quer e se quiser. Para cada prato considerado fora dos nos nossos padrões, tem 10 que são completamente normais (só com o tempero local).

Em Beijing existe uma rua para turistas onde se pode saborear qualquer tipo de espetinho exótico: escorpião, cavalo marinho e outras coisinhas mais. Também pela China afora, há pratos feitos à base de língua, pênis de boi e búfalo (iguaria caríssima), lesmas e coisas assim.

JAPAO 2014 168

E para quem está perguntando se os chineses comem cachorros, a resposta é sim! Mas é uma raça específica (criados como porco) e em algumas regiões do país. Não é algo que se encontre em cada esquina. Na realidade os coreanos (do Norte) que são os que mais comem isso.

Tirando essas coisas completamente inusitadas, a culinária chinesa pode surpreender os que se aventuram a experimentar. Existem sabores para todos os tipos de paladar: os agridoces, salgados e apimentados. Mas imagine algo com pimenta de fazer chorar… assim é a comida da região de Sichuan (fica a dica: se não gosta de pimenta fuja dos restaurantes com esse nome).

Como a China é enorme, as comidas de cada região são bem diferentes. Existe influência da Coreia e Russia no Norte; Mulçumana mais para o Sul; e os regionalismos de Shanghai, por exemplo, onde há restaurantes somente de comida shanghainesa.

O tempero é diferente do nosso. Tem outro paladar e eu não consigo comer comida chinesa todos os dias por conta disso. Mas adoro e saio para comer em restaurantes chineses sempre.

Bom, mas então, o que você come afinal?

Os dumplings são uma opção segura para quem não quer se aventurar demais. Massa (tipo um ravioli) com vários recheios e formatos. Alguns feitos somente no vapor e outros fritos.

Arroz frito está presente em toda a culinária chinesa, variando o que é colocado na mistura, que basicamente é arroz, ovo e legumes, para daí entrar os ingredientes regionais. Há alguns bem apimentados, outros com frutos do mar, carne, frango. Um risoto chinês, podemos dizer, mas na realidade é um arroz branco misturado e frito com os ingredientes citados.

Noodles são os mais fáceis de encontrar, até nas ruas. O nosso famoso ‘miojo’, mas com um tempero chinês e, como o arroz, com sabores mais variados possíveis.

Omeletes que são deliciosas e também se encontra em qualquer carrinho de rua (só resta decidir se tem coragem ou não de encarar a comida de rua…).

omelete chinesa

Mas existem os pratos mais requintados como o famoso ‘Pato Laqueado ou Pato de Pequim’, que sinceramente é um dos melhores pratos da culinária tradicional chinesa que já comi. Na realidade a variedade de preparos de pato que existe é enorme e para todos os gostos.

P1020407

Peixes são muito apreciados e geralmente possuem um molho agridoce e são servidos inteiros.

Frango e porco fazem parte da cesta básica chinesa: presentes em quase todas as refeições. Com molhos à base de shoyo e/ou agridoce.

Frutos do mar são deliciosos e frescos. Podem ser recheio de dumpling, fazer parte dos ingredientes do arroz frito, do noodle ou servidos com legumes.

Os chineses não comem salada. É bem dificil encontrar em restaurantes, mas verduras e legumes cozidos, refogados e no vapor tem aos montes. O tomate é fruta e vem junto com a sobremesa, naqueles pratos decorados com uma precisão que dá até dó de tirar o primeiro pedaço.

JAPAO 2014 088

Frutas, legumes e vegetais aqui são um capítulo à parte. Lindos de se ver… vivi tirando fotos das bancas de frutas por onde passo. E são baratas, principalmente quando se está na época.

mobilejune2014 310

mobilejune2014 296

Voltando a sobremesa, em 99% das refeições é fruta. A melância é a campeã de audiência (por sinal extremamente doce e tenra). Os pratos doces, que na nossa lógica ocidental seriam a sobremesa, são servidos junto com a comida e consumidos todos juntos. Eles não fazem essa diferença entre salgado e doce.

P1020420

 

Prato de Frutas. São servidos sempre assim… esse até que é bem simples.

Uma vez levei um prato de brigadeiro num jantar da empresa do meu marido e quando percebi os chineses estavam com as bolinhas de chocolate no prato e saboreando junto com o peixe e o porco. Vai entender…

Uma outra coisa muito interessante é que em praticamente todas as refeições formais (na mesa, com a familia e amigos ou em jantares de negócios e celebrações) todas essas comidas que citei, e mais algumas que não estão no texto, estarão sendo servidas ao mesmo tempo. E todos comem de tudo. Não há pratos individuais. Cada um pega com seus ‘pauzinhos’ a porção e levam direto à boca. Somente o arroz e sopas que são colocadas em cumbucas pequenas e cada um come o seu. Na sua frente haverá um prato de sobremesa, somente para te ajudar a apoiar a comida, caso escorregue do chopstick.

Mas a etiqueta à mesa na China, fica para um outro momento!

Se vierem à China não deixem de experimetar as delicias e os sabores tão peculiares que esse país tem para oferecer. Como sempre digo, para vir morar ou visitar aqui, a primeira coisa a largar antes de entrar no avião é o preconceito. Venham de mente, coração e, nesse caso, paladar abertos!

Fonte: Brasileiras Pelo Mundo

 

Por Wlly Camara – Direto de São Paulo – SP, Brasil.

www.chinalinktrading.com

 Acompanhe novidades no: www.facebook.com/ChinaLinkTrading

Se você precisar de qualquer apoio para começar a importar da China ou melhorar a sua operação aqui na Ásia, podemos apoiá-lo na busca de fábricas chinesas capazes. Nós fazemos a  procura de fornecedores chinesescontrole de qualidade e carregamento da carga para você em qualquer lugar na Ásia. Consulte nosso site para mais informações.


Veja Também


Deixe seu comentário