China: aprenda sobre sua culinária e curiosidades

A China é conhecida por ser um país com uma cultura bem diferente do que a maioria dos brasileiros estão acostumados. A famosa cultura oriental se difere em muitos aspectos do ocidente, incluindo tradições, calendário, celebrações, roupas, tecnologia, entre outros, mas nesse texto, a China Link preparou algumas curiosidades sobre a culinária da China para você que vai viajar para o país, ou, para você que quer saber um pouco mais!

 

china
Prato de comida chinesa

 

Sem dúvidas, os pratos chineses são considerados exóticos pela maioria das pessoas no ocidente enquanto para os chineses, é apenas “comida”. A culinária tem suas peculiaridades e esse texto mostrará alguma delas. Antes de viajar para a China, é importante saber quais comidas o país oferece para não se assustar ou cair em alguma “furada”, caso você não saiba o que está pedindo.

 

Curiosidades

Começando pela principal característica da culinária é o contraste de cores, aromas e sabores que cada prato tem a oferecer. Mesmo os restaurantes que são “fast food” buscam montar uma apresentação que represente o Yin e Yan (polos opostos que se complementam), sendo assim, não estranhe se no mesmo prato houver misturas quentes, frias, picantes, agridoces, doces, salgadas, amargas, entre outros. Cada elemento que compõe o prato, tem a sua devida importância. A cor, o sabor e o aroma se completam e ingredientes especiais são utilizados para que os chefs alcancem o resultado desejado. Dentre os principais ingredientes, os mais utilizados são alho-poró, gengibre e a pimenta. Esses ingredientes acrescentam cor e sabor aos pratos mais populares.

Ao viajar para o norte da China, as massas e frituras serão os pratos mais encontrados em restaurantes. Prepare-se para encontrar bolinhos de carne, diversos sabores de pastéis, talharim e macarrões de diversas massas diferentes, como massa de arroz, trigo, ovo. Ao viajar para o sul da China, os pratos são mais variados e ingredientes “diferentes” são os atrativos. Dentre as principais iguarias encontradas estão alguns insetos, como gafanhoto, aracnídeos, como escorpião, barbatanas de tubarão, carne de cachorro e de cobra. Esses animais são utilizados como comida até hoje após um passado em que a comida era escassa no país. Quer ver nosso video sobre o que se encontra nas comidas de rua em Beijing? Veja o video que a China Link preparou:

Ao se alimentar, os talheres chineses são os hashis, geralmente, feitos de bambu, madeira ou plástico, dependendo do local em que você irá comer ou dependendo da ocasião, você encontrará hashis decorados e esculpidos. Eles são longos, chegando a ter aproximadamente, 24cm, pois nos jantares, as comidas ficam no centro da mesa, que geralmente é redonda, e as porções são compartilhadas.

 

Hashi e Bowl com comida

 

Agora que você já sabe um pouco dos ingredientes e da importância na montagem da comida, saiba o que esperar ao sair para comer na China, tanto com pratos mais tradicionais quanto com pratos mais exótico e peculiar.

 

Pratos populares:

Tofu Recheado. Normalmente é um prato individual que é recheado com carnes e verduras. Facilmente encontrado, tendo em vista de que o tofu faz parte de diversos pratos do país.

Rolinhos Primavera. Super populares e gostosos, os rolinhos primavera não dariam nenhum “susto” ao ser experimentado, pois ele lembra um pastel de massa fina frito com recheios de carne, vegetais ou frutos do mar.

 

china
Rolinhos Primavera

 

Chop suey. Pequenos pedaços de carne cozidos e salteados com legumes da época e servidos com macarrão (noodles) ou arroz branco.

Veja aqui mais pratos comuns que te explicamos em outro artigo do blog: 8 Pratos Típicos da China.

 

Pratos exóticos:

Espetinho de escorpião frito. Normalmente vendidos em barracas de rua. São populares e baratos. Vem de 3 a 5 escorpiões em cada espeto. Os escorpiões são criados em cativeiro justamente para serem servidos como alimento. Além dos escorpiões, também tem espetos de lula, polvo, grilo e casulos de outros insetos. Mas fique tranquilo, você não comerá um desses “sem querer”. Visivelmente, é possível saber que são insetos em um palito.

Espetinho de cobra. São pequenas cobras sem a pele que são fritas em uma chapa com óleo e temperados. A carne delas é duras e meio borrachudas. Além da cobra no espeto, a sopa de cobra também é uma especiaria. Considerado um prato gourmet, muitos restaurantes mantem as cobras para que os próprios clientes escolham qual será a cobra de sua sopa. É um prato comum no inverno.

 

Espetinho de inseto frito

 

Carne de cachorro. Já deixou de ser habito no país inteiro em comer carne de cachorro, contudo, em alguns festivais e em mercados locais, ainda se vende carne de cachorro. Mas atenção ao local de compra de carnes, muitos não tem autorização sanitária para isso.

Muitos que viajam para a China optam por não experimentar essas iguarias pois não faz parte do ciclo cultural aonde insetos e animais não são considerados comida. Portanto, optam pelas opções mais tradicionais e mais fáceis de serem alcançadas, como pratos com vegetais e macarrão.

E você leitor? Se estiver pensando em viajar para a China, você se aventuraria nas comidas de rua exóticas?

Deixe seu comentário, a China Link Trading espera sua opinião!

 

Por Carolina Ranzoni diretamente de Sydney, Australia.

Fontes: Comidas de rua pelo mundo, China Link Trading, Mundo Educação, Exótico cardápio da China

Gostou desse artigo? Então confira mais conteúdos e acompanhe as novidades em nossas redes sociais:

Facebook  |  Canal do Youtube  |  LinkedIn   |  Instagram   | Twitter



Veja Também


Deixe seu comentário