Costumes Chineses Curiosos

Alguns costumes chineses são vistos como bastante curiosos sob o olhar ocidental, que não está tão acostumado com algumas tradições do gigante oriental. Ao se observarem as diferenças culturais entre os  países, é possível concluir que a excentricidade de certos comportamentos é um fator, que, além de muito subjetivo, apresenta profundas e interessantes raízes históricas que se perpetuaram ao longo do tempo até os dias atuais.Confira a seguir oito costumes chineses que vão te surpreender e aproveite para conhecer melhor um pouco da incrível e rica cultura chinesa!

 

costumes chineses
Andar para trás é um dos costumes chineses bastante populares

 

Oito costumes chineses curiosos

1) Costumes chineses: andar para trás

            Caso você esteja passeando pela China, pode se deparar com um idoso andando para trás nas ruas do país. Mas por que essa tática está entre os costumes chineses? De acordo com os seus adeptos, andar para trás é uma maneira capaz de aliviar dores nas costas e pode auxiliar na melhoria da função renal.  Além disso, ainda há pessoas que acreditam que caminhar para trás pode permitir que sejam revertidos pecados  cometidos no passado.

costumes chineses
Girar nas mãos as bolinhas Baoding é um dos costumes chineses para aliviar o estresse

 

             Completando esse exercício, outros costumes chineses são comumente realizados em conjunto com a caminhada para trás. É comum, por exemplo, encontrar chineses girando nas mãos bolinhas Baoding, muito utilizadas como exercícios manuais, além de proporcionarem um estado de relaxamento e combater o estresse, ou fazendo uma “massagem-tapa”. Sim, em uma viagem à China, é bastante provável que você veja idosos dando tapas em si mesmos, como se estivessem espantando mosquitos. Na verdade, através dessa técnica, eles estão procurando melhorar a circulação do corpo. Para realizar essa automassagem, dê leves tapas em seus ombros e depois, vá descendo até sua mão. Depois, gire seu braço, movimentando-o como um moinho. Realizando esses movimentos juntamente com a caminhada para trás, você aumentará ainda mais seu fluxo sanguíneo.

costumes chineses
Tomar água quente é um dos principais costumes chineses ligados à saúde

 

2) costumes chineses: beber água quente

Tomar água quente é mais um dos costumes chineses que possui uma explicação saudável. Acredita-se que bebidas quentes ajudam a melhorar a digestão de alimentos, enquanto a água gelada tenderia a causar indigestão, já que o corpo humano gastaria mais energia para aquecê-la depois de ingerida.

costumes chineses
Vestir os animais de estimação é um dos costumes chineses

3) Costumes chineses: cachorros vestidos

            A China certamente não detém o monopólio do hábito de vestir seus animais de estimação. Essa é uma forma utilizada em muitas culturas, presente até mesmo em diversas forças armadas, que usam vestimentas de proteção nos animais que os acompanham.Mais comum, há ainda essoas que compram roupas aos seus cachorros somente pela estética. Na China, vestir seus animais com roupas é um dos costumes chineses que são baseados nesse último objetivo, sendo uma iniciativa baseada apenas em pura diversão. Talvez no país asiático, esse costume seja mais curioso quando se consideram outros lugares do mundo, ao se comparar os animais chineses muito vestidos, com roupas e sapatos de grifes, a crianças seminuas e usando até mesmo uma espécie de coleira. A moda para animais na China atinge outros patamares também ao se considerarem os acessórios utilizados pelos cães, como meia-arrastão, salto alto ou fantasias.

costumes chineses
Crianças usando calças com fendas é um dos costumes chineses

 

4) Costumes chineses: calças com fendas

            Uma espécie de calças com fendas na parte de trás faz parte de um dos costumes chineses bem curiosos quando se trata de vestimentas. Utilizado por bebês, a fenda estrategicamente localizada facilitaria que as crianças pudessem defecar sem precisar retirar essas calças. Com a utilização apontada desde a Dinastia Qing, um artigo do New York Times de 2003 apontou, entretanto, que o uso dessas calças iria se desgastar nas próximas décadas. As calças com fendas para bebês na China, na década de 1970, eram as únicas exceções permitidas na utilização de cores em vestimentas para a população, que devia respeitar as regras de Mao Tse Tung, de acordo com as quais o azul-escuro e o cinza eram as cores de roupas para os adultos. Afirmava-se que, além das calças com fendas serem uma alternativa mais “sustentável” quando comparadas a fraldas descartáveis, essas peças de roupas ainda influenciariam em um melhor controle dos bebês. As crianças, ao utilizarem tais calças, estariam condicionadas a defecarem sob um comando, e não a qualquer momento, como ocorreriam com aquelas que utilizassem fraldas. Mesmo assim, com a maior popularidade das fraldas descartáveis Pampers, da Procter & Gamble, a partir do ano de 1998, as calças foram se tornando obsoletas, exceto em áreas rurais da China.

costumes chinheses
Cuspir em público é um dos costumes chineses

5) Costumes chineses: cuspir 

Não, não estamos falando sobre o ato de cuspir discretamente, mas de uma gutural cuspida sob a luz do dia no meio da calçada. Shanghai é considerada como a cidade fábrica de cuspes, onde é muito comum a prática desse que é considerado um dos curiosos costumes chineses. Mas por que as pessoas fazem isso? Uma resposta simples: saúde. Há a crença de que quando os poluentes se acumulam nos pulmões durante todo o dia, a incapacidade de limpá-los através de uma cuspida pode causar doenças respiratórias (o ato de apenas assoar o nariz não seria suficiente). Entretanto, em culturas ocidentais, é muito comum que se afirme que tais excreções podem ajudar a espalhar doenças respiratórias, como a tuberculose. E agora? Cuspir ou não cuspir?

costumes chineses
Mexer no nariz, por exemplo, pode ser visto como uma má conduta em outros países, mas é comum na China


6)  Costumes chineses: más condutas?

          Furar filas, deixar objetos desorganizados em uma bagunça, arrotar alto, mexer no nariz publicamente, abrir a saída de emergência de aviões e uma série de outros comportamentos vistos geralmente como maus modos nos países ocidentais são alguns dos costumes chineses praticados no país. Segundo a Chefe do Instituto Sarita, Sara Jane Ho, esses comportamentos estariam muito relacionados a fatores históricos do passado de uma China pobre, que difere da economia atual do gigante asiático. Para Sara, não se poderia pensar em atender a certos comportamentos e etiquetas sociais quando se tem preocupações maiores ligadas à sobrevivência, como a obtenção de comidas em uma situação de pobreza. Assim, esses costumes chineses teriam se perpetuado ao longo do tempo, não conseguindo desaparecer com a ascensão econômica meteórica do país.
De acordo com Ross Coomber, professor da Universidade Plymouth, esses costumes seriam ainda mais subjetivos: “Para a India e a China, eu sinto que muitas elites estão procurando obter em outro lugar um indicador sobre o que é civilização. Minha opinião pessoal é que cuspir é tão incorporado nessas culturas que eu não vejo por que eles têm que modificar seu comportamento. Um país forte, confiante, deve ser capaz de dizer: “ não, essas são coisas que fazemos e vocês precisam entender isso”.”

costumes chineses
Unhas muito longas é um dos costumes chineses com significados históricos

7) Costumes chineses: unhas longas

            Indo à China, você pode se deparar com motoristas de táxi usando unhas que se parecem com longas “garras” nos dedos mindinhos, utilizando-as para limpar orelhas e narizes, como se fossem uma ferramenta multiuso calcificada. Muitos taxistas afirmam que não poderiam manter sua higiene sem esse que é um dos costumes chineses. Utilizar unhas longas também é uma das tradições que possuem significado histórico: ter unhas tão longas que chegassem a ser retorcidas era considerado originalmente como um símbolo de nobreza, já que cultivar tais “garras”, sem quebrá-las ou lascá-las, somente seria possível àqueles que não precisassem realizar muitos trabalhos manuais. Interessante, não?

costumes chineses
Pepino-do-mar: comidas tidas como exóticas chamam a atenção dentre os costumes chineses

8) Costumes chineses: comidas exóticas

            Alguns dos costumes chineses mais curiosos que são mais destacados em outros países estão relacionados justamente à gastronomia do país asiático. Mas essas singularidades de pratos podem ser, na verdade, bastante subjetivas. Quem é capaz de dizer que comer cobras é mais estranho que espalhar leite apodrecido de animais ungulados ( mamíferos com cascos, como gado bovino, porcos e cavalos, por exemplo) em bolachas e comê-las, juntamente com um copo de uvas fermentadas em um ponto de quase torná-las tóxicas? A estranheza com que alguns alimentos são vistos por estrangeiros, mas que são comuns aos costumes chineses, também pode ser relacionada ao modo de preparar alguns ingredientes vistos como “mais comuns”.

costumes chineses                         Comer cobras: a culinária chinesa se baseia tanto na textura quanto no sabor dos alimentos

Na China, por exemplo, é normal preparar frangos mantendo seus pés e cabeças, ou manter as espinhas dos peixes. De acordo com o Sr. Hu, um experiente cozinheiro de restaurante chinês, o que faria a cozinha chinesa tão boa é o fato de ela fazer com que as pessoas exercitem seus cérebros na hora de comer, em uma espécie de dissecação dos alimentos ao saboreá-los. Assim, a culinária da China estaria baseada tanto na excentricidade de texturas quanto no sabor. Imagine as sensações envolvidas na experiência de comer água-viva e ninho de passarinhos, por exemplo. Hu ainda afirma que alguns dos alimentos mais apreciados na China, como a barbatana de tubarão, ninho de pássaros e o pepino-do-mar, são valorizados exatamente por suas texturas. Os chineses amam alimentos que são simultaneamente gelatinosos e firmes. É importante perceber que a culinária chinesa apresenta boas razões (além das influências históricas milenares) por detrás de cada um de seus pratos e métodos de preparo. E você, está preparado para provar essa mescla de sensações?

Por Camila Sakamoto, diretamente de São Paulo, SP, Brasil

Fontes: Shanghai Expat

Gostou desse artigo? Então veja muito mais em nossa página do Facebook, em nosso blog e em nosso site


Veja Também


Deixe seu comentário